Friday, October 24, 2008

Ração mágica



Crianças

Sidney Borges
Ontem contei para a Valentina dos passarinhos que comem a ração do Brasil. Ele já não liga, nem corre atrás. Só late para andorinhas.
São passarinhos grandes, amarelos, gordos. Em Ubatuba ninguém precisa pôr passarinho em gaiola. Eles aparecem de todos os lados, surgem como ratos em baús velhos. Geração espontânea.
Outro dia dois voadores estavam discutindo na amoreira e tenho certeza de ter ouvido um latir para o outro. Acho que é de comer ração!
Valentina tirou os olhos dos carrinhos e fez uma observação:
- Pára com isso tio. Passarinho não late e rato não nasce em baú velho. Geração espontânea é uma teoria ultrapassada. Você já ouviu falar em Darwin tio?
Brasil deu um largo bocejo e olhou pra mim. Tive a sensação de que ele estava sorrindo.
Bobagem, cachorros não riem...

3 comments:

dineicostabrasil@yahoo.com.br said...

gostei muito da forma q vôcê escreveu. O Brasil daria um livro " e dos bons '
certa vez ecrevi uma carta que me lebrou muito a forma que você contou esta historia para valentina.
Foi a melhor carta q já escrevi, pena que o namorado da menina rasgou a carta.mas... é a vida.
foi muito bom te encontrar, sou natural de ubatuba mas moro em campos do jordão. abraço

dineicostabrasil@yahoo.com.br said...

e-mail errado dineilitoral1001@hotmail.com
gostaria de manter contato

Ademar Oliveira de Lima said...

Estive por aqui em visita ao seu blog!! Abraços Ademar!!